22 de nov de 2010

Infinita Highway

"Minha vida é tão confusa quanto a América Central...

É, ultimamente não tenho tido tempo nem para os meus devaneios.
Parece que tudo se acomodou, que tudo se estabilizou, que se transformou.
Minha mente hoje está tranquila, meu coração idem.
Como uma eterna geminiana que nunca está satisfeita com nada que tem (não sei bem se isso é bom ou ruim), sempre quero mais, algo além , algo que não me pertençe.
Tenho tido pouco tempo pra mim, e pouco espaço também. Nos últimos dias, tenho pensado demais nos outros e pouco no meu próprio eu.
Graças a uma força que eu não sei bem qual é, meus medos foram deixados de lado, a confiança aos poucos retorna para o seu lugar e o amor vive sem mais afilções.
Desejo realmente que nada volte a ser como era antes, que daqui pra frente tudo seja mais azul do que já é, caso contrário, duvido muito que minha mente suporte novamente tantas provações.

... por isso não me acuse de ser irracional"