15 de dez de 2009

Paradoxo

Nós, mulheres geminianas, não mudamos de personalidade, apenas mostramos todas as mulheres que nos habitam.

Somos mulheres carismáticas, envolventes, sedutoras, misteriosas, curiosas, inteligentes, geralmente de voz bonita e com fluência para conversar (aliás, falamos pelos cotovelos). Por outro lado, como já diz o nome do signo, somos duas em uma. Mas tu nunca podes ter as duas ao mesmo tempo, o que exclui totalmente a possibilidade de escolher com qual das duas quer ter contato. É quase uma loteria.

Somos intrigantes demais, e talvez por isso chamemos tanto a atenção de tantas pessoas. Somos ávidas e espertas, rápidas e antenadas. Queremos sempre estar à frente das informações, e não poupamos esforços para descobrir coisas novas.
Quem conhece uma mulher de gêmeos, sabe que é muito difícil ver a mesma pessoa por muito tempo. Nossas fotos nunca parecem ser da mesma pessoa e nossas mudanças de comportamento deixam qualquer um sem saber se acabam de conhecer uma nova mulher ou se ainda está falando com uma velha amiga.

Somos suscetíveis a elogios e permanentemente aptas a mudanças. Temos verdadeira fobia de monotonia, nos adequamos a qualquer cenário. Normalmente, somos
uma companheira animada, agradável e alegre.
Tirando nossas raras fases azedas que fazem com que fiquemos insuportáveis com nosso cinismo e língua afiada, existe também, nosso outro lado romântico e aventureiro. Acompanharemos alguém em tudo que fizer, desde uma escalada em uma montanha até um banho de mar à noite. Para nós, não existe esta coisa de separar as atividades entre feminina e masculina.

Nossa dupla personalidade rende algumas dores de cabeça, confesso. Não espere muita coerência de uma geminiana. Tudo pode estar se encaminhando como tu esperarias, até que de repente a "outra" toma conta e nada do que vinha acontecendo tem continuidade.

Como estamos sempre em constante mudança física, mental e emocional, consideramos uma árdua tarefa tomar decisões. Analisamos todos os bônus e ônus do que virá, e se isso realmente fará algum sentido em nossas vidas. No final das contas, nós faremos sempre a melhor escolha do momento. Se algum dia descobrirmos que a melhor escolha que fizemos acabou se tornando um pesadelo, não pensaremos duas vezes em largar tudo para recomeçar do zero. Não nos prendemos muito aos nossos erros se descobrirmos que fizemos uma escolha errada. Vamos aprender com a experiência, e dificilmente erraremos novamente.

Em relacionamentos, é muito difícil nos entregarmos a uma pessoa sem enfrentar dúvidas. Para nós não basta ouvir palavras carinhosas e juras de amor. O verdadeiro amante deve agradar nossos ouvidos com palavras dóceis, mas não pode se esquecer que somos contra monotonia. Nossa mente não consegue processar a informação de que uma pessoa que nos ama, não nos entende.
Nós nunca vamos tomar um ônibus, se pudemos ir de avião. Jamais ficaremos caladas se pudermos falar. E jamais andaremos quando pudermos correr. Por isso, nunca vamos nos contentar com o mínimo de sentimentos, quando podemos ter muito mais.

Nós, mulheres geminianas, somos muito mais que isso, somos menos que isso, e temos muito mais defeitos do que citei aqui em cima. Somos pessoas alegres, e são raros os momentos de raiva, irritação ou tristeza. Apesar de muitas vezes parecermos frias e distantes, nós desejamos ser amadas e mimadas.
Alguém que consiga mostrar, que estará sempre ao nosso lado, apesar de nossa dualidade, terá uma amiga fiel, uma companheira para todas as horas e uma mulher que se entregará por inteira. Aliás, o melhor remédio contra o mau-humor da geminiana é sempre demonstrar amor, carinho e atenção.

Ah, e que fique claro:
Modéstia pouca para geminiana, é bobagem.